Buscar
  • CS VIEWS

Internet um meio moderno e rápido de conciliar.

Novidades no campo da mediação são aplicados agora com mais rapidez através da internet

A solução do conflito a um clique! Através das câmaras online, muitos conflitos que comportam direitos disponíveis podem ser resolvidos de forma rápida e segura.

Trata-se de uma realidade que reflete uma tendência da vida moderna, uma vez que a população e empresas acessam diariamente a internet para resolver inúmeras atividades, comprar, pagar, agendar, estudar, namorar, viajar, reclamar, pesquisar.. e por que não conciliar?

Sim, atualmente por meio de câmaras on line a população já pode relatar um conflito e buscar o melhor acordo para ambas as partes.

Por meio de uma plataforma online, as câmaras já possibilitam que qualquer usuário possa relatar seu conflito e buscar um acordo extrajudicial por meio de conciliação pela internet.

Vale lembrar, que a participação de um advogado é importante, mas na conciliação extrajudicial não é obrigatória, tal com a participação da parte requerida, a outra parte envolvida no conflito é convidada a participar dessa composição de forma voluntária.

Com um clique um litigio que levaria anos no judiciário, poderá ser resolvido rapidamente, só dependerá das partes. As câmaras online, podem ser acessadas através do computador ou smartphone, basta preencher os dados e um breve relato do problema, a ser analisado pela outra parte.

Com o auxílio de um conciliador online, que atua como facilitador são aplicadas técnicas de empoderamento, permitindo que as partes iniciem um diálogo sem ruído de comunicação, busca-se assim um acordo que traduza o senso comum e o efetivo comprometimento de ambas as partes. Com esse mecanismo as partes constroem juntas a solução mais adequada para o conflito.

Sem dúvida a conciliação digital é uma alternativa inteligente e célere, indicada antes de acionar o judiciário, o qual tem incentivado amplamente os institutos da mediação e da conciliação.


Celeida M.Celentano Laporta ( Mediadora Judicial e Extrajudicial)

21 visualizações